quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Variação no tamanho dos ovos, a espessura da casca e do conteudo de metais e calcio nas cascas em relação com a ordem de postura e ou desenvolvimento embrional numa ave canora pequena

Resultado de imagem para Acrocephalus scirpaceus

Ainda que haja um numero considerável de estudos que examinam o efeito da ordem de postura dos ovos nos níveis de elementos e várias substâncias químicas, nenhum deles tem tido em conta a presença ou ausência do desenvolvimento embrionário nos ovos;
Neste estudo realizado mediram a  forma, tamanho e a morfometrıa (longitude, largura, volume e massa), a espessura da casca e as concentrações nas cascas e nos conteúdos  dos ovos com e sem embrião de cálcio e 10 outros metais (incluindo elementos essências: cromo, cobre, níquel, manganésio,ferro, cobalto, zinco e magnésio; e dos elementos não essenciais: chumbo e cádmio), através da ordem de postura dos ovos nos   Acrocephalus scirpaceus.

Encontraram um aumento significativo no volume dos ovos com  e sem embrião,e um incremento na longitude e na massa dos ovos com embrião com a ordem de postura. As analises confirmaram diferenças significativas relacionadas com a ordem de postura entre ovos com e sem embrião ́na concentração ́n dos elementos medidos nas cascas (Cu, Cd, Pb, Mn, Fe y Zn) e nos conteúdos dos ovos (Pb). As analises da relação ́n entre a ordem depois tais as concentrações de elementos medidos n as cascas revelaram um incremento significativo na concentração de Mg e Ca nos ovos com embrião,e uma diminuição significativa dos conteúdos de ovos sem embrião ou ́não,e de Cu,Cd, Mn e Co nos conteúdos com embrião.
Os  resultados indicam que a ordem de postura na presença de um embrião, n são os factores críticos  responsáveis da variação em algumas características da morfometrıa dos ovos e nas  concentrações de elementos nas cascas...

Sem comentários:

Enviar um comentário